Menu


Texto Banner 1
Texto Banner 2
Texto Banner 3
Texto Banner 4
Campos de exibição:
Famanho da fonte:
Linguagem:
Classificado por:
Permanent Link

Catharanthus roseus

Nome comum

Sinônimos

  • Ammocallis rosea
  • Lochnera rosea
  • Vinca gulielmi-waldemarii
  • Vinca rosea
  • Vinca speciosa
 
  • vinca-de-madagáscar
  • boa-noite
  • maria-sem-vergonha
  • periwinkle
  • pink periwinkle
  • vinca
  • vinca-de-gato
 

Taxonomia

Autor

(L.) G. Don 

Subespécie

 

Autor da subespécie

 

Gênero


Família


Ordem


Classe


Phylum


Reino


Subfamília


Série


Gerais

Área de distribuição natural

Madagascar.

Ambientes naturais

Savana seca.

Descrição da espécie

Planta herbácea, até 1m de altura, flores róseas ou brancas que florescem o ano todo, frutos apocárpicos do tipo duplo-folículo deiscentes. Produz, em média, 31-19 frutos por planta e 11 sementes por fruto, com porcentagem de germinação de até 90%.

Forma biológica

  • Herbácea
 

Reprodução

  • Sexuada
  • Sementes
  • Vegetativa
  • Brotamento
 

Dispersão

  • Auto-dispersão
  • Insetos
 

Dieta

     

    Uso econômico

    • Medicina
    • Ornamental
     

    Uso econômico - descrição

    Cultivada como ornamental em jardins e praças, podendo florescer durante todo o ano. Usada na medicina popular como antidiabética, como pressão arterial e anticancerígena (Freire, 2011). 

    Invasão

    Tipo de introdução Causa de introdução Local de introdução Data Descrição da introdução

    Vetores de dispersão

    • Humano
    • Material vegetal
     

    Vias de dispersão

    • Comércio de mudas
    • Melhoramento de paisagem/fauna
    • Uso ornamental
     

    Ambientes preferenciais de invasão

    • Agricultura
    • Área degradada
    • Floresta ciliar
    • Vegetação costeira
    • Floresta seca (Caatinga)
     

    Ambientes preferenciais de invasão - descrição

    Ambientes costeiros, solos arenosos e secos, margens de rios, plantações e áreas degradadas. 

    Outros locais onde a espécie é invasora

    Quênia, África do Sul. 

    Impactos ecológicos

    Em função da capacidade alelopática diminui significativamente a germinação e o desenvolvimento de outras espécies (Fabricante, 2014). As folhas são tóxicas se ingeridas (Invasive Species South Africa, 2016). 

    Impactos econômicos

    Hospeda pragas agrícolas (Fabricante, 2014). 

    Impactos sociais

     

    Impactos à saúde

    As folhas são tóxicas se ingeridas ou inaladas quando queimadas (Invasive Species South Africa, 2016). 

    Manejo

    Controle mecânico

    Arranquio ou roçado. 

    Controle químico

    Aspersão com glifosato em diluição de 2-3% com corante. 

    Controle biológico

     

    Medidas preventivas

    Substituir o uso da espécie na ornamentação por espécies nativas ou não invasoras. 

    Resultados de análises de risco

     

    Ocorrências

    Distribuição no país

    • Localizada
     
    Estado Município Referência local Área protegida
    1SergipeCanindé de São FranciscoMargens do rio São FranciscoMonumento Natural Grota do Angico

    Projetos

    Título Espécies Contato

    Referências

    Título Autor
    Plantas exóticas e exóticas invasoras da Caatinga.FABRICANTE, J. R.
    Madagascar periwinkle.INVASIVE SPECIES SOUTH AFRICA
    Patógenos associados à boa-noite (Catharanthus roseus [l.] G. Don) no estado do Ceará.FREIRE, F. C. O.


    
    sziller@institutohorus.org.br | Brasil
    function setCookie(cname, cvalue, exdays) { var d = new Date(); d.setTime(d.getTime() + (exdays * 24 * 60 * 60 * 1000)); var expires = "expires="+d.toUTCString(); document.cookie = cname + "=" + cvalue + ";" + expires + ";path=/"; } function getCookie(cname) { var name = cname + "="; var ca = document.cookie.split(';'); for(var i = 0; i < ca.length; i++) { var c = ca[i]; while (c.charAt(0) == ' ') { c = c.substring(1); } if (c.indexOf(name) == 0) { return c.substring(name.length, c.length); } } return ""; } });